Últimas

Seguidor de Bolsonaro ameaça presidenta do Tribunal Superior Eleitoral

Em texto enviado por rede social, ele exige novas eleições com voto impresso caso Bolsonaro não ganhe

Como se já não bastassem os inúmeros casos de violência provocados pelo clima de ódio espalhado pela campanha de Jair Bolsonaro, agora um de seus seguidores está ameaçando a presidenta do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber.

Um texto enviado por meio de uma rede social do TSE diz que haverá revolta popular caso as urnas não confirmem a vitória de Bolsonaro.

 

“A senhora vai ver o povo na rua e os caminhoneiros parando este Brasil até que tenha novas eleições e com voto impresso”, diz a mensagem.

 

Esse tipo de ameaça também faz parte da campanha de ódio de Bolsonaro. Ele, a todo momento, coloca em dúvida a segurança das urnas eletrônicas.

Para o deputado é assim: se ganhar, funciona; se perder, é fraude.

O pior é que, colocando em xeque a urna eletrônica e a segurança do processo eleitoral, ele questiona a própria democracia.

LEIA TAMBÉM