Propostas

Salário Mínimo Forte: pra aumentar o poder de compra do povo

O povo com poder de consumo é a solução

O nosso candidato e ex-ministro da Educação, Fernando Haddad, tem falado muito sobre a importância de um salário mínimo forte e sobre a necessidade de se colocar o povo como solução, e não como problema.

Inclusive, essa foi a tônica do governo Lula, que estabeleceu uma política de valorização responsável pelo aumento real de 77% do salário mínimo! Voltará a ser assim quando Haddad assumir a presidência.

Atualmente, o salário mínimo é corrigido pela inflação do ano + a variação do PIB de 2 anos antes. Ou seja: se o PIB não cresce, só recompõe a inflação, e quem perde é o trabalhador.

 

Haddad vai criar o programa Salário Mínimo Forte para aumentar, anualmente, o valor recebido pelos trabalhadores e o poder de compra do povo.

 

Essa é uma das estratégias adotadas pelo PT para o crescimento da economia, que Lula já provou ser possível em seus dois mandatos. Vamos retomar o progresso colocando o povo onde ele deveria estar: como a solução do problema.

 

Como vai funcionar o programa?

 

📝 Pela legislação vigente, a regra de valorização do salário mínimo acaba em 1º de janeiro de 2019. Vamos manter e aperfeiçoar essa política.

 

📈  Haverá ganho real do salário mínimo em todos os anos, mesmo que o crescimento do PIB seja negativo.

 

💰 O povo voltará a ter poder de consumo e, como consequência, contribuirá também para o fortalecimento da economia nacional.

 

LEIA TAMBÉM