Últimas

Justiça confirma: Bolsonaro é fascista

A carapuça serviu

Acompanhe o raciocínio: a Justiça determina a retirada de faixas antifascismo em universidades por todo o país.

A Justiça afirma se tratar de material de campanha eleitoral contra Bolsonaro.

Nenhuma faixa citava o candidato.

 

Logo, a Justiça considera que quem critica o fascismo critica, diretamente, Bolsonaro.

 

E não é para menos. Bolsonaro age e fala como os grandes fascistas da história.

Mussolini, o criador do Partido Nacional Fascista, na Itália,  junto com uma milícia armada formada por 50 mil “camisas negras”, marchou até Roma, onde tomou o poder. Fechou jornais de oposição, acabou com os demais partidos políticos e perseguiu seu líderes. Por fim, extinguiu a Câmara dos Deputados e governou absoluto.

Bolsonaro já prometeu fazer tudo isso!

LEIA TAMBÉM