Últimas

Jovem é assassinado durante ato em apoio a Haddad no Ceará

Charlione Lessa Albuquerque, de 23 anos, foi baleado. O suspeito fugiu.

Um jovem foi baleado durante a carreata de Fernando Haddad em Pacajus, cidade há pouco mais de 50 km de Fortaleza, no Ceará.

Charlione Lessa Albuquerque, de 23 anos, foi assassinado no meio de um monte de gente, de forma cruel.

De acordo com uma testemunha, em meio à grande movimentação, um homem saiu de um carro modelo Gol e efetuou vários disparos no rapaz dentro do automóvel de sua mãe. O suspeito fugiu.

Segundo familiares, Charlione Albuquerque trabalhava como servente de pedreiro na capital cearense.

O rapaz foi encaminhado ao hospital da região, mas morreu pouco tempo depois.

A morte de Charlione Lessa Albuquerque é mais um reflexo do discurso de ódio e violência dessas eleições.

Lamentamos mais esse ato criminoso e desejamos toda força do mundo aos familiares e amigos. 

Haddad também prestou sua solidariedade:

LEIA TAMBÉM