Últimas

Jornalistas da Band e Record TV são obrigados a publicar reportagens tendenciosas contra Haddad e aliados

As duas emissoras deram longo espaço ao nosso adversário antes do primeiro turno

Nas redações do Brasil circula a informação de que jornalistas da Record TV, R7 e Band estão sendo obrigados pela alta cúpula dessas emissoras a publicarem reportagens tendenciosas contra Fernando Haddad e seus aliados políticos.

O jornalista Ricardo Noblat, da Veja, publicou em seu Twitter nesta terça-feira (9) sobre o assunto:

 

Um jornalista da Record TV que, por medo de represálias, pediu para não ser identificado confirmou a informação ao Brasil Feliz de Novo:

“Na Record, a pressão maior é no site do que na TV, e já pôde ser vista na manhã desta quarta-feira (10)”.

As duas emissoras gravaram longas entrevistas com Jair Bolsonaro antes do primeiro turno e não deram o mesmo espaço a Fernando Haddad. Edir Macedo, dono da Record TV e da Igreja Universal, declarou apoio ao nosso adversário.

É essa imprensa imparcial que teremos com Bolsonaro, veículos de comunicação antidemocráticos e tendenciosos.

LEIA TAMBÉM