Fake News

⚠ ANTIFAKE NEWS: Haddad NUNCA foi condenado em nenhum processo

Cuidado com quem usa denúncias de maneira eleitoreira

Não acredite em notícias falsas.

Fernando Haddad NÃO FOI CONDENADO EM NENHUM PROCESSO.

Entenda:

As ações por improbidade contra prefeitos e ex-prefeitos são mais comuns do que se imagina. Além disso, elas são importantes para o combate à corrupção.

Mas, em período de campanha, há quem utilize essas denúncias de maneira eleitoreira. Por isso, algo importante deve ser dito: não se pode condenar NINGUÉM antes do fim do processo.

No Tribunal de Justiça de São Paulo, constam ações por improbidade administrativa movidas pelo Ministério Público (MP) do Estado contra o então prefeito da capital paulista Fernando Haddad.

Sabe em quantas ele foi condenado? NENHUMA!

Inclusive, ele já ganhou duas delas. Em dezembro de 2016, a Justiça julgou improcedente a acusação de que Haddad teria feito uso irregular de recursos arrecadados com multas de trânsito.

A Justiça também rejeitou, em primeira e segunda instância, a ação que acusava Haddad de violar princípios constitucionais da Administração Pública, ao inserir na agenda oficial do dia 16 de maio de 2016 um “trote” destinado a um comentarista de rádio.

Além disso, “estranhamente”, no último dia 21 de agosto, a Justiça de São Paulo aceitou uma denúncia por irregularidade na construção de um trecho de ciclovia. Isso aconteceu depois de Haddad ser indicado como vice na então chapa com Lula. Curioso, não?

Quer saber mais? A Corregedoria Nacional do Ministério Público (CNMP) instaurou reclamações disciplinares para apurar a conduta de promotores de Justiça do Estado de São Paulo que apresentaram ações contra os candidatos à Presidência da República no período eleitoral.

O conselheiro da Corregedoria solicitou que sejam apurados eventuais “atos tendentes a acelerar ou retardar as investigações a fim de produzir tal coincidência temporal e consequente eventual impacto nas eleições”.

Não precisa falar mais nada, né?

 

LEIA TAMBÉM