Propostas

Alimento Saudável: um trunfo de Haddad para o viver bem

Que tal reduzir os venenos e comer melhor?

Uma das formas mais eficientes de se garantir uma vida saudável é cuidar da alimentação. Fernando Haddad, o presidente de Lula, tem um plano especial para isso.

Vamos trazer a questão da cultura alimentar para a agenda pública, pois alimento saudável não deve ser para poucos que podem pagar mais. Representa menos gasto com saúde, combate a obesidade, e garante a segurança alimentar pra quem mais precisa.

Além disso, Haddad vai reduzir a quantidade de agrotóxicos que consumimos. E a gente consome muito…

Para efeito de comparação, consumimos quase 3 vezes mais a quantidade permitida nos EUA. Além disso, ingerimos agrotóxicos de qualidade pior, que já foi provado que são cancerígenos ou prejudicam a gravidez. Ou seja, no Brasil, comemos veneno que a maior parte do mundo já proibiu.

 

Com o Programa Alimento Saudável, Haddad vai:

 

 👩‍🌾 Incentivar ainda mais o pequeno agricultor

Você sabia que os pequenos produtores são responsáveis por 70% dos alimentos que vão parar na mesa do brasileiro?

🍎 Criar o Programa de redução de agrotóxicos

Com estímulo aos biopesticidas (muito menos prejudiciais à saúde)

 

🍐 Banir os agrotóxicos proibidos

Simples assim! Agrotóxicos proibidos em outros países não vão ser permitidos aqui também

 

🍓 Mudar as leis

Nossa legislação será adequada ao que há de mais moderno e recomendado pela FAO (a Organização da ONU para Alimentação e Agricultura)

 

🥕 Revisar incentivos tributários

O governo Haddad vai revisar os incentivos fiscais e tributários que existem para insumos químicos que são proibidos em outras partes do mundo.

 

🥦 Aumentar a fiscalização

A entidade encarregada de fiscalizar o que comemos e como os alimentos são produzidos, a Anvisa, será fortalecida. A ideia é que ela avalie e monitore a situação dos agrotóxicos ainda mais de perto.

 

Tudo isso para resultar em uma coisa: comida melhor e mais saudável no seu prato!

LEIA TAMBÉM