Últimas

Com Fab Labs, Haddad democratizou acesso à tecnologia e cultura maker em SP

Quando Haddad era prefeito, abriu 12 unidades de laboratórios hackers e cultura maker. Muitas na periferia!

Só mesmo um profissional inovador para levar tecnologia de ponta para a periferia, acessível para todas as pessoas.

Sim, estamos falando do nosso presidente, Fernando Haddad. Foi ele quem implantou os Fab Labs em 12 pontos da cidade de São Paulo quando era prefeito.

Esses espaços disponibilizam impressoras 3D, cortadoras a laser e computadores equipados com software para modelagem. Tudo de última geração!

Com esses equipamentos, é possível produzir, por exemplo, uma cadeira ou um utensílio.

E, quem ainda precisava aprender a lidar com essa tecnologia de ponta, podia contar com cursos que a prefeitura oferecia no local.

 

Assim, ao mesmo tempo, Haddad conseguiu estimular o acesso a novas tecnologias, a criatividade e o empreendedorismo.

 

Massa, né?

 

 

Os Fab Labs surgiram nos Estados Unidos, no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), baseada nos laboratórios hackers e na cultura maker (faça você mesmo) e começou a crescer nas principais cidades do mundo.

Mas São Paulo é a única que possui uma rede pública, por iniciativa de um prefeito.

Está explicado por que Haddad ganhou tantos prêmios e foi chamado tantas vezes pela imprensa internacional de inovador e visionário. Imagina só o que Haddad não vai fazer quando for eleito Presidente do Brasil!

LEIA TAMBÉM