Últimas

Em Fortaleza, Haddad pede ação contra quadrilha do Zap pró-Bolsonaro

Justiça tem que agir rápido para salvar a democracia

Em Fortaleza, neste sábado (20), Fernando Haddad participou de caminhada e ato pela democracia, lembrando a todos que nossa democracia está ameaçada.

“Temos oito dias para banir essa aberração política”.

É claro que Haddad fala do esquema milionário no WhatsApp para espalhar mentiras em grande escala e favorecer a candidatura de Bolsonaro.

“O Bolsonaro tinha 100 mil robôs trabalhando pra ele a peso de ouro, mentindo sobre mim e minha família. Ele é um sujeito desqualificado, por isso não me enfrenta. É uma quadrilha que tem que ser desbaratada porque pode atuar em outras eleições”.

 

 

“A quadrilha já atuou no primeiro turno, elegendo parlamentares que ninguém conhece. Já elegeu deputado, senador e pode eleger governador que ninguém conhece, ninguém viu, não tem currículo, exclusivamente forjando santinho do WhatsApp na véspera da eleição. Jornalistas estão sendo ameaçados. Onde vamos parar?”

 

Lamento que a Justiça não tenha permitido a busca e a apreensão dos computadores das empresas criminosas e a eventual prisão de um dos empresários que fez contribuição ilegal; poderia resolver esse problema e ele sair do segundo turno, com a entrada do Ciro.

 

Haddad agradeceu ainda o apoio de Ciro Gomes e os 70% de seu eleitorado que já o apoiam.

“Viemos buscar os outros 30%”.

Fernando Haddad na caminhada, com o povo na rua, em Fortaleza. #voteHaddad #Haddadpresidente #democracia

Publicado por Fernando Haddad em Sábado, 20 de outubro de 2018

LEIA TAMBÉM