Últimas

Confirmado: Bolsonaro é o candidato à presidência mais covarde da história

Nosso oponente já entrará para os livros de História como amarelão

Os médicos já liberaram, o povo pede, mas nosso oponente, o deputado Jair Bolsonaro, insiste em se esconder do debate de ideias e propostas para o Brasil.

Bolsonaro não foi ao debate da Gazeta, da Rede TV e do SBT. A Band remarcou o encontro de presidenciáveis para esta sexta-feira (19) e adivinha…

Ele amarelou pela quarta vez.

O presidente do PSL, Gustavo Bebianno, foi a público — porque nem isso ele teve coragem de fazer — dizer que nosso adversário não irá a nenhum debate. NENHUM DEBATE.

É a primeira vez que um candidato se recusa a participar de encontros entre presidenciáveis no segundo turno.

Nosso oponente entrará para a história como o candidato a presidente mais covarde do Brasil.

Por que será que Bolsonaro não quer debater com Haddad?

Será pelo escândalo milionário do WhatsApp?

Será por que ele é contra o povo?

Será por que ele não é honesto, patriota nem cristão?

Será por que ele apoia um dos maiores torturadores do Brasil, o general Carlos Alberto Brilhante Ustra?

Será que é por que ele recebe apoio da Ku Klux Klan, uma organização notadamente racista?

Será que é por que ele apoia a violência e ela já está acontecendo por parte de seus apoiadores mais extremistas?

Será que é por que ele fala em segurança pública, mas nunca fez nada por ela?

Será que é por que ele quer entregar o Brasil para os Estados Unidos e bate continência para a bandeira americana?

Será que é por que ele era considerado um bunda-suja entre os militares?

Será que é por que ele já foi preso por plano terrorista e proibido de entrar em quartéis?

Você pode escolher o motivo, mas uma coisa está certa:

Bolsonaro é contra a democracia e já apresenta seu autoritarismo na campanha.

LEIA TAMBÉM